Ter uma boa gestão de estoque é uma prática essencial para qualquer empresa que queira manter uma saúde financeira e administrativa eficiente. Conhecer os principais métodos de organização e saber quando utilizá-los é um grande diferencial nesse processo.


O estoque, seja para armazenar mercadorias para comercialização ou estocar material de consumo interno, é um órgão vital para praticamente todas as empresas. Ter uma boa gestão de estoque significa otimizar processos de armazenagem e processamento, diminuindo custos e prazos.

Uma gestão de estoque eficiente armazena de forma inteligente e garante que os produtos estejam sempre em quantidades adequadas e com acesso otimizado e ágil. Nada de produtos parados, ocupando espaço e segurando capital de giro, ou falta de produtos e prazos atrasados.

Um estoque bem organizado exige um ótimo conhecimento de fluxo de demandas e entendimento sobre quanto tempo cada produto pode ou precisa ficar armazenado. Percebendo os padrões de comportamento é possível atender as necessidades sem causar perdas ou comprometer atrasos.

Para que isso aconteça é preciso conhecer os principais métodos de organização de estoque e optar por aqueles que melhor se adequem a sua forma de trabalho.

Quem, quando e onde? Três métodos para organizar o estoque

Existem diversas metodologias para organização de estoque, das mais simples as mais complexas, algumas se focam em questões contábeis, outras em questões estratégicas. Aqui nós vamos abordar 3 princípios relativamente simples e bastante utilizados que podem ser adotados em conjunto para uma gestão de estoque moderna e eficiente. Para isso vamos responder a 3 perguntas simples:

Quem? Sistema PEPS

A primeira metodologia é a PEPS, que significa “primeiro a entrar, primeiro a sair”. É um dos métodos mais simples, mais óbvios e, portanto, um dos mais utilizados. Essa metodologia parte do ponto onde as mercadorias mais antigas no estoque devem ser as primeiras a sair. Ou seja, priorizar a diminuição do tempo de uma mercadoria no estoque.

Por este método, a prioridade de saída é sempre a dos produtos que chegaram primeiro e, portanto, estão há mais tempo armazenados. Esse método é excelente para produtos perecíveis ou que possam se tornar obsoletos muito rápido, como produtos de coleção, moda, ou que tenham um ciclo de consumo curto.

Quando? Método JIT

O sistema JIT ou “Just In Time”, significa em português “no momento exato” e envolve o processo de manter o estoque nos menores níveis possíveis sem que haja prejuízo para as operações da empresa.

O Just In Time exige que a empresa conheça profundamente o seu ciclo de produtos e assim consiga prever com precisão a demanda, mantendo os estoques no limite mínimo para atendê-la. Também exige que a empresa trabalhe com fornecedores confiáveis, que respeitem prazos e mantenham o fluxo de mercadorias constantes.

Obedecendo estes pré-requisitos, o JIT pode diminuir significativamente os custos com armazenagem e aumentar o capital de giro da empresa uma vez que menos dinheiro fica parado em mercadorias estocadas.

Onde? Curva ABC

A curva ABC, ou “Curva de Pareto” é uma metodologia que classifica os produtos de acordo com a sua importância. Ela parte da teoria que cerca de 20% de todos os produtos respondem por 80% dos resultados.  Estes seriam os itens classificados como “A”.  Outros 30% correspondem a 15% dos resultados, seriam os produtos “B” e os demais 50% dos produtos, correspondem a apenas 5% dos resultados, que seriam os produtos “C”.

No nosso caso, nos vamos aplicar esse modelo à logística de armazenagem especificamente. Definindo como produtos A aqueles que circulam muito, como B os que tem circulação normal e os produtos C os que tem pouca saída.

Desta forma, vamos concentrar os produtos A em posições estratégicas, mais próximas da entrada e da saída do estoque, os produtos B em posições intermediárias e os produtos C nos locais de acesso mais difícil.

Com esse método será possível acessar mais rapidamente os produtos que saem e chegam mais, otimizando significativamente o tempo de processamento dos produtos.

Assim, respondendo a essas três simples perguntas: Quem? Quando? E Onde? Podemos implementar 3 métodos altamente eficientes de gestão de estoque que funcionam em grande sinergia e permitem redução de custos, prazos e aumento de produtividade na empresa.

A TRB Transportes e Logística possui soluções de armazenagem inteligentes para o seu negócio.